Aurock

Levantar requisitos é errado

A era das especificações já passou. Os desenvolvedores não devem mais estar isolados dos usuários. O constante feedback é importante para a evolução do produto e o entendimento por parte da equipe só acontece com esse contato próximo.

Levantar, no geral, traz uma conotação de que os requisitos estão lá, espalhados, é só uma questão de juntá-los num único documento e, voila, a especificação está pronta e completa.

A realidade é um pouco diferente. É preciso uma atenção muito maior ao processo para acompanhar o dinamismo do mercado atual. Um produto especificado a priori, é, por definição, obsoleto no momento do lançamento. A ideologia do agile é baseada, quase que completamente, nessa premissa de que o software precisa evoluir e ser atualizado constantemente, para que o produto final seja eficiente.

Requisitos são descobertos

O processo de levantamento de requisitos passa então a ser, uma etapa on the fly, quase que trocando o pneu do carro com o carro ainda andando. Conforme vamos desenvolvendo o software, os usuários utilizam, avaliam e devolvem feedback, permitindo uma evolução do software mais objetiva e, espera-se, com menos desperdício.

No mercado como um todo, especialmente os que têm como alvo o consumidor final, são regidos pela máxima “o cliente tem sempre razão”. Em TI, a máxima é exatamente o contrário: “o cliente nunca sabe o que quer”. Eu acredito que o melhor lugar é o meio: “o cliente sabe o que quer, mas não como quer”.

A papel principal da equipe de TI em um projeto é a adequação. Desenvolver, de modo geral, vem se tornando commodity. O grande desafio está na adequação. Milhares de soluções concorrentes são lançadas a todo momento, qual vamos utilizar?

Diferente de outras áreas, TI não é uma área exata (mesmo que alguns gostem de dizer que sim). Os contextos são muito variados e o que funciona na minha empresa, possivelmente não funcionará na sua. Fazer esse “de-para” é a grande dificuldade.

Nem lá, nem cá

Mesmo que as especificações a priori hoje não sejam mais utilizadas, ou muito pouco utilizadas, partes dela ainda tem muito valor. Muitos que entenderam mal o agile, saem botando a mão na massa no dia 0, utilizando como escudo a frase tão repetida “errar rápido para evoluir rápido”. Porém, iniciar tão cedo pode ter o efeito oposto, começar sem entender o mínimo pode trazer atrasos, muito desperdício e ruído.

Entender bem o problema, o contexto e suas variáveis é essencial para um projeto bem sucedido. Utilizar um bom mapeamento do que se sabe, entender profundamente como tudo é feito atualmente, traz consigo o benefício de muitos insights, que não se revelariam de outra forma.

Descobrir os requisitos depende desse equilíbrio. O conhecimento do que é atual e a experimentação. O novo e o velho. Especificar demais atrasa e engessa o projeto. Entender de menos depende de muita experimentação e perde em profundidade. Encontre a sua medida ideal e não pule etapas.

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

OUTROS CASES DE SUCESSO

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.